segunda-feira, 26 de setembro de 2016


TERÇA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2015

Privatizar água


Na opinião de Peter Brabeck, a água deveria ser tratada como qualquer outro bem alimentício e ter um valor de mercado estabelecido pela lei de oferta e procura

O atual presidente e ex-CEO da Nestlé, o maior produtor de alimentos do mundo, acredita que a resposta para as questões globais da água é a privatização. 

Esta é, aparentemente, a empresa a qual devemos confiar a gestão da nossa água, apesar de grandes empresas de bebidas como a Nestlé terem um histórico na criação de escassez:Peter Brabeck-Letmathe, um empresário austríaco que é presidente do grupo Nestle desde 2005, afirma que é necessário privatizar o fornecimento da água. Isso para que nós, como sociedade, tomemos consciência de sua importância e acabássemos com o subpreço que se produz na atualidade.

Pero Brabeker junta essa a outras críticas para destacar que o fato de muitas pessoas terem a percepção de que a água é gratuita faz com que em várias ocasiões não lhes deem valor e a desperdicem. Assim sustenta que os governos devem garantir que cada pessoa disponha de 5 litros de água diária para beber e outros 25 litros para sua higiene pessoal, mas que o resto do consumo teria que gerido segundo critérios empresariais. Continuar Lendo


Mais seis anos de seca

O Rio Grande do Norte terá, assim como a Paraíba, mais nove anos de estiagem, (já se passaram as secas de  2012, 2013, 2014 então ainda faltam seis anos de seca no Nordeste). A projeção é do professor Luiz Carlos Baldicero Molion, PHD em Meteorologia e pesquisador da Universidade Federal de Alagoas. Ele afirma que os estudos sobre o comportamento das temperaturas nos oceanos, relacionados com os levantamentos dos dados das séries históricas de chuvas nos estados nordestinos, indicam que haverá um longo período seca na região. “Será preciso medidas emergenciais nos próximos anos. Mas é preciso ultrapassar o imediato. Não se pode mais perder tempo e adiar as ações que criem condições para ao desenvolvimento ao  aproveitar as características”, destaca.
Com dezenas de artigos publicados sobre clima e hidrologia, Luiz Carlos Baldicero Molion desenvolve diversas pesquisas sobre as causas e a previsibilidade das secas do Nordeste. Ele é pesquisador e um representante dos países da América do Sul na Comissão de Climatologia da Organização Meteorológica Mundial.

O professor alerta que os estados do Nordeste precisam estar preparados para um longo período de poucas chuvas nos próximos anos. “Não gosto da palavra ‘seca’, porque a região já tem essa característica quase de forma permanente. Trata-se de mais um período com chuvas abaixo da média”, disse, à reportagem da TN.

Na última quarta-feira, ele esteve em João Pessoa para participar do lançamento da campanha “SOS Seca Paraíba”. A iniciativa foi da Assembleia Legislativa, durante solenidade no Hotel Tambaú. “Nos próximos nove anos, vamos ter chuvas abaixo do normal, em relação ao período entre 1977 e 1998”, diz o pesquisador. De acordo com Molion, a seca de 2012 foi uma das mais severas dos últimos 60 anos. “E as perspectivas não são melhores para os próximos anos”, avisa. Segundo ele, o epicentro da seca foi o Sertão, onde, nos meses de fevereiro, março e abril do ano passado, choveu entre 300 mm e 400 mm a menos do que no ano de 2011. 

Segundo ele, as secas constantes e severas no semiárido nordestino têm relações diretas com fenômenos que ocorrem no Oceano Pacífico. Ele lembra que em torno de 71% da superfície da terra é coberta pelos oceanos. Por isso, a temperatura das águas oceânicas influenciam o comportamento das chuas. “Quando as águas do Pacífico estão frias, as chuvas nos Estados nordestinos são reduzidas. Quando as águas esquentam no Pacífico, as chuvas aumentam por aqui”, explica.

O Oceano Pacífico controla os fenômenos El Niño e La Niña. Quando ocorre o El Niño, há seca no Norte e Nordeste e chuva no Sul, Centro Oeste e Sudeste. Quando ocorre o La Niña, chove no Norte e no Nordeste e faz seca no Sul, Sudeste e Centro Oeste.FONTE: BLOG DO PANCADA.

Ateu revela que voltou a crer em Deus com ajuda da ciência: “Desisti de tentar ver o mundo como uma equação”

 
0
A jornada de um ateu na incredulidade começou com o tropeço de um líder cristão. Mike McHargue cresceu em um lar cristão conservador, mas sua família foi devastada após seu pai, que foi ministro de louvor na igreja, cometer adultério.
Com a intenção de ajudar na reconciliação da família, Mike passou a ler a Bíblia de forma ávida, “como um nerd”, segundo suas próprias palavras. “A ciência nunca foi um problema para mim, porque eu considerava a eminente autoridade de Deus. Mas eu comecei a acreditar que contradizia a Bíblia e comecei a perder a confiança na autoridade da Bíblia”, contextualizou.
Nesse cenário, bastaram poucos passos para chegar à incredulidade: “Eu percebi não era a ciência que estava errada sobre o universo, mas a Bíblia”, relembrou, de acordo com o Noticias Cristianas.
No início, ele não saiu da igreja e tentou se envolver com a comunidade. Mas quando ele decidiu sair, ele percebeu que sua fé tinha sido transformada durante o período em que se dedicou a um blog para falar sobre cristianismo e terminou envolvido com a comunidade ateia.
Como consequência, a certa altura, a influência da filosofia ateísta levou a conflitos interiores: “Eu mudei quando eu percebi que não iria chegar a um destino intelectual. Seria melhor para desfrutar o passeio nesta jornada que chamamos vida”, disse “Às vezes eu sentia que a melhor maneira de ver o mundo era através da lente ateia, especialmente na avaliação de reivindicações da verdade”.
Por outro lado, ele sentia o peso da contradição quanto estava feliz: “Outras vezes, quando eu estava com a minha família queria expressar gratidão por estes momentos e essas pessoas, e meu único caminho era através da oração conjunta”, relembrou.
“Isso soa como dissonância cognitiva para muitas pessoas, mas me levou à honestidade comigo mesmo. Eu desisti de tentar transformar o mundo em uma equação, e em vez disso, recebi um presente de Deus”, reconheceu.
No meio de seus estudos científicos, Mike notou que as evidências apontam para a existência de Deus: “O cérebro humano é um hospedeiro para a crença em Deus. O caminho para a crença parece inevitável na consciência humana. Nossos cérebros tendem a desenvolver de forma saudável quando cedemos à crença, especialmente em um Deus que é amor”, sublinhou, concluindo que hoje tem sua espiritualidade restaurada.FONTE: NOTICIAS GOSPEL.

Hillsong anuncia dia 30 de outubro como data da abertura oficial da igreja em São Paulo

 
0
A Hillsong Church São Paulo anunciou a data de início oficial dos cultos e o local onde a igreja funcionará. Desde o dia 31 de maio a denominação vem realizando encontros com fiéis interessados em fazer parte do grupo de membros.
O local escolhido será a casa de shows e eventos Audio Club, localizada no bairro da Barra Funda, zona oeste da cidade. A abertura oficial será feita no dia 30 de outubro, às 18h00.
Os pastores Chris e Lucy Mendez, responsáveis pela implantação da filial brasileira, continuarão à frente da congregação, que passará a se reunir regularmente aos domingos. A princípio, os cultos serão feitos uma vez por semana.
Durante os encontros que foram realizados ao longo dos últimos meses, sempre usando espaços como teatros e casas de eventos, os pastores destacaram a pretensão da igreja em São Paulo e sua visão.
“Não estamos vindo para São Paulo achando que a igreja seja uma resposta para alguma coisa. A resposta é Jesus. Uma igreja como a Hillsong, que é muito conhecida – muitos de vocês estão aqui porque conheceram nosso time de adoração – começa a trazer muita empolgação para as pessoas. Mas se você está plantado em outra igreja, por favor, não deixe sua igreja porque a Hillsong está vindo para São Paulo”, sublinhou Mendez.
O casal de líderes atuava na igreja sede da Hillsong, em Sydney, Austrália, onde exerceram posição de liderança por dez anos. Nos últimos anos, viveram em Buenos Aires, onde já existe uma filial da igreja.
Agora, com a implantação da filial brasileira, eles se dividirão entre a capital argentina e a paulista: “Pela graça de Deus, pela equipe maravilhosa que temos e por todos os nossos voluntários [será possível]”, concluiu o pastor Chris Mendez.FONTE: NOTÍCIA GOSPEL.

domingo, 25 de setembro de 2016

Pastora anuncia ter descoberto que o fim do mundo acontece em 2017; Veja a teoria

 
0
O fim do mundo é um dos assuntos que mais geram especulações e constrangimentos para certos líderes religiosos que resolvem apostar na previsão de uma data exata. O caso mais recente é o da pastora Donna Larson, que garante que o fim está próximo e acontece ano que vem.
Segundo Donna, chegar à conclusão de que 2017 marcará o fim do mundo como conhecemos é muito simples, apesar de não poder afirmar com certeza a data do evento.
De acordo com informações do tabloide Sun, Donna interpreta as passagens bíblicas sob a influência de uma linha sincrética com o judaísmo, que afirma que que os homens dominariam o planeta Terra por seis mil anos. Em seus cálculos, Adão teria sido criado por Deus no ano 3983 antes de Cristo (a.C.), e como estamos às vésperas do ano 2017 depois de Cristo (d.C.), o fim do mundo é logo ali.
Uma coincidência, segundo ela, estaria no fato de que no próximo ano se comemora os 70 anos da fundação de Israel e 50 anos da unificação de Jerusalém: “Todos esses números têm um significado bíblico: 50 é o número da unificação entre a Páscoa Judaica e o Pentecostes e 70 é o número da execução, segundo o livro de Daniel, capítulo 9”, afirmou Donna.
Sem saber afirmar a data exata, Donna afirma que existem duas correntes principais: uma aponta o dia 21 de agosto, quando haverá um eclipse solar; outra aposta em 23 de setembro, dia que será marcado por um alinhamento de planetas e estrelas.
“Quanto ao dia e à hora ninguém sabe, nem os anjos no céu, nem o Filho, senão somente o Pai. Fiquem atentos! Vigiem! Vocês não sabem quando virá esse tempo” -Marcos 13:32,33.

Negócios

O medo de catástrofes naturais, profecias apocalípticas e mesmo guerras mundiais tem levado muitos a procurarem alternativas que os protejam de uma possível hecatombe.
Cientes disso, algumas empresas desenvolveram produtos voltado ao público mais “prevenido”, por assim dizer, como abrigos para a sobrevivência em situações extremas. Um exemplo é a empresa norte-americana Atlas, que oferece diversos modelos de bunkerspara famílias de vários tamanhos e finalidades diferentes, como tornados e mesmo guerras.
A um preço que varia entre US$ 18 e 78 mil, a oferta já tem despertado grande interesse por oferecer diversas utilizações e configurações, da mais simples à mais luxuosa. Alguns chegam a conter banheira de hidromassagem, móveis de última linha, detectores de radioatividade e baterias solares.FONTE: NOTÍCIAS GOSPEL.

overnador Robinson decreta situação de emergência em 153 municípios

O Diário Oficial do Estado, edição deste sábado (24), traz a publicação do decreto nº 26.365, que “declara situação de emergência nas áreas dos Municípios do Estado do Rio Grande do Norte, afetados por desastre natural climatológico por estiagem prolongada que provoca a redução sustentada das reservas hídricas existentes”.

O documento uma lista de 153 municípios (CLIQUE AQUI), “considerando que a seca já tem a duração de cinco anos (2012-2016), que apresenta um quadro de extrema falta d’água nos reservatórios públicos e privados do Estado e que os níveis estáticos dos diversos lençóis freáticos do Rio Grande do Norte se apresentam extremamente baixo”.

sábado, 24 de setembro de 2016

REFORMA DA PREVIDÊNCIA VAI ATINGIR TODOS OS TRABALHADORES.

sábado, 24 de setembro de 2016

ECONOMIA: Reforma da Previdência vai atingir todos os trabalhadores, incluindo militares e parlamentares

Reprodução.
A proposta de emenda constitucional (PEC) que vai alterar as regras do sistema previdenciário já foi fechada pelos técnicos do governo. De acordo com o texto encaminhado ao presidente Michel Temer, que deve bater o martelo na próxima semana, as mudanças vão atingir todos os trabalhadores brasileiros, do setor privado ao público, militares e até parlamentares, tendo regimes especiais ou não.

Ao contrário do que chegou a ser divulgado anteriormente, as Forças Armadas entrarão na reforma da Previdência. E, para fechar brechas legais à chamada desaposentação (possibilidade de o aposentado continuar trabalhando e recalcular o benefício), a ideia é deixar claro na Constituição que a aposentadoria é “irreversível e irrenunciável” — conceito previsto apenas em decreto.

Sobre a desaposentação, há milhares de ações na Justiça, e o assunto já chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF). Uma decisão favorável aos trabalhadores poderá representar um esqueleto acima de R$ 100 bilhões para a União, segundo estimativas oficiais. A medida valeria para os novos pedidos e também para orientar as decisões judiciais em andamento. Até agora, a Advocacia-Geral da União (AGU) vem recorrendo das sentenças.

Segundo um interlocutor, a decisão de enviar ao Congresso uma proposta mais abrangente foi tomada antes da viagem de Temer a Nova York e tem como objetivo ajudar a convencer a opinião pública sobre a necessidade urgente das mudanças. Essa tarefa, explicou a fonte, é mais difícil se alguns grupos ficarem de fora da reforma. A intenção de Temer é enviar a PEC ao Congresso até outubro, se possível antes das eleições — depois de apresentar o texto às centrais sindicais e líderes dos partidos.

A decisão do presidente será política, mas com embasamento técnico”, afirmou um técnico envolvido nas discussões.

A opinião é compartilhada por especialistas em Previdência, levando-se em conta o que o país gasta com aposentadorias e pensões — e, sobretudo, a enorme distância entre os setores privado e público. O déficit no INSS neste ano está estimado em R$ 149,2 bilhões, para pagar 30 milhões de segurados. Já no serviço público, o rombo projetado é de R$ 90 bilhões, mas para um universo de um milhão de beneficiários.

Entendo como correto e salutar o processo de convergência das regras da Previdência para todos os trabalhadores”, afirmou o pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Rogério Nagemine.

O norte da reforma é harmonizar as regras para todos os trabalhadores, ainda que os regimes continuem existindo de forma separada. Em linhas gerais, a reforma prevê idade mínima de 65 anos para aposentadoria e valerá para quem tiver até 50 anos ou 45 anos (caso de mulheres e professores) na época promulgação da PEC. Quem estiver acima dessa faixa etária será enquadrado na regra de transição e poderá se aposentar dentro da legislação atual, pagando um pedágio (adicional ao tempo que ainda falta para requerer o benefício) de 50%. LEIA MAIS...

Não votar por inpulso.

Eleitor analise e escolha o melhor candidato

Está chegando o dia de você decidir o futuro de sua cidade e o blog alerta sobre a importância das eleições municipais.

O ApoDiário defende que os eleitores analisem o perfil de cada candidato a prefeito e escolham o melhor para suas cidades.

Agora é a hora de analisar a postura de cada candidato. Mais importante que escolher partido ou bandeira, é escolher por sua conduta. Esta é a eleição mais importante.

Um voto errado pode fazer toda uma população sofrer por quatro anos. Defendo que os eleitores não vendam o voto.

Você não pode entregar a sua cidade para quem não tem respeito, para quem não é do bem.

Entregue sua cidade para quem tem cuidado com o dinheiro público e sempre teve uma boa conduta.